A partir de R$ 1.000,00
Empregada Doméstica Local: Jardim Goiás, GO. Requisito: Experiência na função comprovada em carteira de trabalho. Horário: 8h as 17h de 2ª 6ª. Remuneração: ... Descrição completa
R$ 1.201 por mês
Procuro empregada doméstica que saiba lavar e passar roupas, cozinhar, organizar e limpar uma residência. que tenha experiência e referência. jornada de ... Descrição completa
R$ 1.700 por mês
Preciso de uma doméstica com treinamento na cozinha, que saiba planejar refeições, seja forno e fogão com experiência comprovada e lave roupas e passe muito ... Descrição completa
R$ 1.300 por mês
De confiança, com referências, que não falte ao trabalho, não fume, organizada. Descrição completa
R$ 1.404 por mês
Preciso de alguém que trabalhe de segunda a sexta feira no período diurno, e que cuide de uma criança de 5 anos Descrição completa
R$ 979 por mês
Apartamento com 1 idosa de mobilidade reduzida. precisa de acompanhamento para banho. Descrição completa
R$ 1.404 por mês
Preciso de alguém para serviços gerais em minha casa por apenas 1 mês, em virtude de ter me submetido a uma cirurgia q exige repouso. Descrição completa
R$ 1.500 por mês
Precisa de alguem que cuide de toda a casa, e da minha pequena cachorra e daqui 1 ano de uma bebe Descrição completa

Goiânia, conhecida como a “Capital do Cerrado”, é a capital do estado de Goiás. Está localizada na parte central do estado e foi construída para ser a capital de administração e política do país, sendo o segundo município mais populoso da região centro-oeste. É considerada também um importante centro estratégico para a moda, a agricultura, a medicina e a indústria. Segundo os últimos dados do IBGE, seu número populacional gira em torno de 1,5 milhão de habitantes, o que a torna a 6º maior cidade e a 12º mais populosa do país. Goiânia é servida de morros e baixadas, com terras planas e um rio de nome Meia Ponte. A cidade está no topo da lista de cidades com maior índice de área verde por habitante do país, ficando atrás de Edmonton, capital de Alberta, Canadá.

A falta de mão de obra dessa profissional

A empregada doméstica é uma das profissionais que estão cada vez mais requisitadas no mercado e isso se deve à migração de muitas dessas profissionais para outras áreas do mercado. Outro ponto que contribuiu para a falta de mão de obra é o fato de que grande parte dessas profissionais estão atuando como diaristas, sem vínculo empregatício. Com a economia conturbada, a empregada doméstica que tiver experiência pode trabalhar em praticamente todas as capitais brasileiras. A demanda por empregada doméstica é muito maior do que o imaginado e as profissionais disponíveis no mercado não estão dando conta de preencher todas as vagas. Dependendo de suas atividades cotidianas, a empregada doméstica pode ganhar até R$ 1,5 mil, além dos direitos de assalariada.

Quem quer entrar para a profissão precisa ter um diferencial na área e principalmente buscar por qualificação profissional. De acordo com Rosângela, recrutadora de diaristas e empregadas domésticas de uma empresa de destaque no setor, é bem diferente saber cuidar de sua própria casa e saber fazer um serviço profissional na casa de alguém. Por isso, hoje, exige-se cursos específicos para essa área, ensinando-as as melhores formas de exercer o ofício. De fato, a recrutadora reconhece que o número de empregadas tem diminuído de forma expressiva no país, mas, por outro lado, esse mercado tem aberto muitas oportunidades para quem quer ingressar na área e não tem experiência, ou que quer ter um emprego de maior estabilidade e com todos os direitos que o cargo confere.

Atividades que impulsionam a economia goiana

Segundo dados do IBGE de 2008, a contribuição de Goiás para o PIB brasileiro foi de 2,5% e, regionalmente, sua participação foi de 27%. Sua composição engloba:

  • Serviços – 62%
  • Indústria – 27%
  • Agropecuária – 11%

A agropecuária é a menos relevante no cenário econômico, apesar de ter destaque na produção de grãos e carnes e também na exportação estadual – tomate, soja, milho, sorgo, arroz, trigo, alho, café e feijão. A pecuária, no entanto, mostra-se em expansão. O estado apresenta o maior rebanho de bovinos do Brasil, além de suas reservas minerais, que provém principalmente dos municípios de Niquelândia, Catalão e Minaçu. Além do turismo ecológico e histórico, outras atividades que contribuem para a economia local são: a indústria alimentícia, farmacêutica, têxtil e automobilística, entre outras menores.